VÍDEO: Meteoro explosivo gera clarão no céu de SC

'Tornou a noite dia', disse o astrônomo amador que registrou o fenômeno. Flagrante foi feito na noite de terça (3) em Monte Castelo. 'Brilho foi semelhante ao de uma lua cheia', disse o astrônomo amador Jocimar Justino Jocimar Justino/Reprodução Um meteoro de brilho intenso foi registrado por uma câmera da estação de monitoramento de Monte Castelo, no Norte catarinense, na noite de terça-feira (3). Uma a análise preliminar indica que trata-se de um meteoro explosivo proveniente da chuva de meteoros Alfa Capricornídeos, segundo o astrônomo amador vinculado a Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon), Jocimar Justino. "Esse meteoro tornou a noite dia. Possivelmente o mais brilhante que já registrei. O brilho foi semelhante ao de uma lua cheia. Aqui o brilho foi bem intenso porque aconteceu sobre nossas cabeças", disse Jocimar. Houve registro da passagem do fenômeno em Blumenau, no Vale, e em Tangará, no Oeste. A magnitude, ou seja, o brilho, do evento foi superior a -10. A Bramon também deverá analisar o meteoro para recolher mais informações. Meteoro explosivo gera clarão no céu de SC O fenômeno foi registrado às 23h57. Nas imagens é possível ver o clarão do fenômeno sendo captado por outras câmeras da estação de Jocimar e também por equipamentos colaborativos instalados na cidade. (Veja acima). Fotos: Com chuvas de meteoros, julho contabiliza mais de 2,4 mil registros do fenômeno em SC Meteoros duplos são registrados em SC durante chuva do fenômeno; veja fotos e vídeos Estação de SC registra cerca de 20 meteoros que explodiram ao entrar na atmosfera em 2021; VÍDEO Meteoro de alta luminosidade é registrado por câmeras de monitoramento em SC Jocimar Justino/Reprodução Chuva de meteoros Alfa Capricornídeas A atividade da Alfa Capricornídeas ocorre de 3 de julho a 15 de agosto e atingiu sua máxima entre 29 e 30 de julho. Os meteoros dessa chuva são formados pelo impacto na atmosfera da Terra dos detritos deixados pelo Cometa 169P/NEAT. Segundo a Bramon, ela é notável por produzir meteoros explosivos e algumas bolas de fogo durante seu período de atividade. Cerca de 230 meteoros foram registrado durante chuva do fenômeno no sábado (31) Jocimar Justino/Reprodução VÍDEOS: mais assistidos do G1 SC nos últimos 7 dias Veja mais notícias do estado no G1 SC

VÍDEO: Meteoro explosivo gera clarão no céu de SC

'Tornou a noite dia', disse o astrônomo amador que registrou o fenômeno. Flagrante foi feito na noite de terça (3) em Monte Castelo. 'Brilho foi semelhante ao de uma lua cheia', disse o astrônomo amador Jocimar Justino Jocimar Justino/Reprodução Um meteoro de brilho intenso foi registrado por uma câmera da estação de monitoramento de Monte Castelo, no Norte catarinense, na noite de terça-feira (3). Uma a análise preliminar indica que trata-se de um meteoro explosivo proveniente da chuva de meteoros Alfa Capricornídeos, segundo o astrônomo amador vinculado a Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon), Jocimar Justino. "Esse meteoro tornou a noite dia. Possivelmente o mais brilhante que já registrei. O brilho foi semelhante ao de uma lua cheia. Aqui o brilho foi bem intenso porque aconteceu sobre nossas cabeças", disse Jocimar. Houve registro da passagem do fenômeno em Blumenau, no Vale, e em Tangará, no Oeste. A magnitude, ou seja, o brilho, do evento foi superior a -10. A Bramon também deverá analisar o meteoro para recolher mais informações. Meteoro explosivo gera clarão no céu de SC O fenômeno foi registrado às 23h57. Nas imagens é possível ver o clarão do fenômeno sendo captado por outras câmeras da estação de Jocimar e também por equipamentos colaborativos instalados na cidade. (Veja acima). Fotos: Com chuvas de meteoros, julho contabiliza mais de 2,4 mil registros do fenômeno em SC Meteoros duplos são registrados em SC durante chuva do fenômeno; veja fotos e vídeos Estação de SC registra cerca de 20 meteoros que explodiram ao entrar na atmosfera em 2021; VÍDEO Meteoro de alta luminosidade é registrado por câmeras de monitoramento em SC Jocimar Justino/Reprodução Chuva de meteoros Alfa Capricornídeas A atividade da Alfa Capricornídeas ocorre de 3 de julho a 15 de agosto e atingiu sua máxima entre 29 e 30 de julho. Os meteoros dessa chuva são formados pelo impacto na atmosfera da Terra dos detritos deixados pelo Cometa 169P/NEAT. Segundo a Bramon, ela é notável por produzir meteoros explosivos e algumas bolas de fogo durante seu período de atividade. Cerca de 230 meteoros foram registrado durante chuva do fenômeno no sábado (31) Jocimar Justino/Reprodução VÍDEOS: mais assistidos do G1 SC nos últimos 7 dias Veja mais notícias do estado no G1 SC