Quatro são detidos após assaltarem loja de eletrônicos e amarrarem vítimas em Santos, SP

Crime ocorreu na noite desta quarta-feira (28) no bairro Gonzaga. Polícia Militar cercou a região e conseguiu deter a quadrilha e recuperar os itens roubados. Polícia Militar conseguiu prender os quatro suspeitos que tentaram roubar um loja de celulares Luciana Moledas/G1 Quatro homens foram detidos após assaltarem uma loja de eletrônicos em uma galeria localizada no bairro Gonzaga, em Santos, no litoral de São Paulo, na noite desta quarta-feira (28). De acordo com a Polícia Militar, os criminosos mantiveram os funcionários do estabelecimento amarrados enquanto subtraíram celulares. O crime ocorreu na galeria localizada entre a Rua Doutor Galeão Carvalhal e a Avenida Ana Costa. Em entrevista à TV Tribuna, afiliada da Rede Globo na Baixada Santista e Vale do Ribeira, o policial militar aspirante a oficial, Vicente, explicou que a PM recebeu a denúncia de que quatro criminosos praticavam roubo a loja de informática naquela localidade e que os suspeitos haviam amarrado os funcionários e o proprietário do estabelecimento no andar de cima. Após a denúncia, os policiais cercaram aquela região. “Diante dessas informações conseguimos efetuar o cerco do local. Nas imediações da galeria conseguimos prender dois indivíduos que estavam se evadindo e, posterior, em revista ao prédio que se encontra a galeria, foram detidos mais dois indivíduos. Um deles foi detido na Galeão Carvalhal, o segundo tentou fugir pela parte de trás do local e também foi detido. Enquanto os outros dois subiram o prédio e tentaram se esconder nos escritórios que haviam lá, porém, foram detidos também”, explica o policial militar. De acordo com o PM, com os suspeitos foram encontradas duas mochilas com celulares, avaliados em torno de R$ 150 mil, e dinheiro. Atuaram na ocorrência, de segundo informações do policial, cerca de 10 viaturas e 20 policiais. “O primeiro indivíduo se passou por cliente, falou que teve interesse de adquirir o celular, mas que não tinha dinheiro. Então ele se retirou da loja, voltou após alguns minutos com o suposto dinheiro, e logo após a entrada dele novamente no estabelecimento entraram os outros três indivíduos, que conduziram os funcionários e o proprietário do próprio estabelecimento até a parte de cima, onde eles foram amarrados”, diz o aspirante a oficial. Conforme explica, após amarrarem as vítimas, os criminosos começaram a subtrair os celulares. “A loja já estava encerrando as atividades, então não temos conhecimento de quem solicitou o apoio da viatura” disse o policial. Após serem detidos, os suspeitos foram encaminhados para a Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde a ocorrência foi registrada pela Polícia Civil. “Ninguém ficou ferido, foi só o susto dos funcionários, que foram amarrados e passaram por momentos de terror, mas conseguiram ser libertos sem nenhum tipo de problema”, finaliza o PM. Tentativa de roubo ocorreu em uma loja de celulares no Gonzaga Luciana Moledas/G1 VÍDEOS: G1 em 1 Minuto Santos

Quatro são detidos após assaltarem loja de eletrônicos e amarrarem vítimas em Santos, SP

Crime ocorreu na noite desta quarta-feira (28) no bairro Gonzaga. Polícia Militar cercou a região e conseguiu deter a quadrilha e recuperar os itens roubados. Polícia Militar conseguiu prender os quatro suspeitos que tentaram roubar um loja de celulares Luciana Moledas/G1 Quatro homens foram detidos após assaltarem uma loja de eletrônicos em uma galeria localizada no bairro Gonzaga, em Santos, no litoral de São Paulo, na noite desta quarta-feira (28). De acordo com a Polícia Militar, os criminosos mantiveram os funcionários do estabelecimento amarrados enquanto subtraíram celulares. O crime ocorreu na galeria localizada entre a Rua Doutor Galeão Carvalhal e a Avenida Ana Costa. Em entrevista à TV Tribuna, afiliada da Rede Globo na Baixada Santista e Vale do Ribeira, o policial militar aspirante a oficial, Vicente, explicou que a PM recebeu a denúncia de que quatro criminosos praticavam roubo a loja de informática naquela localidade e que os suspeitos haviam amarrado os funcionários e o proprietário do estabelecimento no andar de cima. Após a denúncia, os policiais cercaram aquela região. “Diante dessas informações conseguimos efetuar o cerco do local. Nas imediações da galeria conseguimos prender dois indivíduos que estavam se evadindo e, posterior, em revista ao prédio que se encontra a galeria, foram detidos mais dois indivíduos. Um deles foi detido na Galeão Carvalhal, o segundo tentou fugir pela parte de trás do local e também foi detido. Enquanto os outros dois subiram o prédio e tentaram se esconder nos escritórios que haviam lá, porém, foram detidos também”, explica o policial militar. De acordo com o PM, com os suspeitos foram encontradas duas mochilas com celulares, avaliados em torno de R$ 150 mil, e dinheiro. Atuaram na ocorrência, de segundo informações do policial, cerca de 10 viaturas e 20 policiais. “O primeiro indivíduo se passou por cliente, falou que teve interesse de adquirir o celular, mas que não tinha dinheiro. Então ele se retirou da loja, voltou após alguns minutos com o suposto dinheiro, e logo após a entrada dele novamente no estabelecimento entraram os outros três indivíduos, que conduziram os funcionários e o proprietário do próprio estabelecimento até a parte de cima, onde eles foram amarrados”, diz o aspirante a oficial. Conforme explica, após amarrarem as vítimas, os criminosos começaram a subtrair os celulares. “A loja já estava encerrando as atividades, então não temos conhecimento de quem solicitou o apoio da viatura” disse o policial. Após serem detidos, os suspeitos foram encaminhados para a Central de Polícia Judiciária (CPJ), onde a ocorrência foi registrada pela Polícia Civil. “Ninguém ficou ferido, foi só o susto dos funcionários, que foram amarrados e passaram por momentos de terror, mas conseguiram ser libertos sem nenhum tipo de problema”, finaliza o PM. Tentativa de roubo ocorreu em uma loja de celulares no Gonzaga Luciana Moledas/G1 VÍDEOS: G1 em 1 Minuto Santos