Morre Cleomadson Abreu, presidente da Arpen-AL

Registrador civil estava internado em Maceió para tratamento de câncer. Ele deixa esposa e filho. Presidente da Arpen-AL, Cleomadson Abreu morre em Maceió Itawi Albuquerque O presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais de Alagoas (Arpen-AL) e vice-presidente da Arpen-Brasil, Cleomadson Abreu morreu na tarde desta quarta-feira (4) no Centro de Tratamento de Câncer - MedRadius, em Maceió. Cleomadson também era registrador civil do Cartório do Registro Civil de Nascimento e Óbitos do 1º Distrito da Capital. Ele comandava a Arpen em Alagoas desde 2002. O registrador civil estava internado desde o final de semana para tratamento de um câncer. Ele deixa esposa e filho. A família ainda não divulgou informações sobre o sepultamento. O Tribunal de Justiça e a Corregedoria de Justiça de Alagoas lamentaram o falecimento do presidente da Arpen-AL (confira nota na íntegra abaixo). Nota O presidente em exercício do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), José Carlos Malta Marques, e o corregedor-geral da Justiça, Fábio José Bittencourt Araújo, lamentam o falecimento do presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais de Alagoas (Arpen/AL), Cleomadson Abreu, ocorrido nesta quarta (4). "Cleomadson era um grande batalhador, conhecedor da legislação sobre registros públicos e vai, sem dúvida, fazer uma falta grande no serviço notarial do Estado de Alagoas. Quero expressar à família os meus mais sinceros pêsames, em nome do Poder Judiciário", disse o desembargador José Carlos Malta. Para o corregedor, Cleomadson desempenhou um trabalho digno e honrado à frente da Arpen. "Como servidor cartorário, esteve sempre atento às demandas da Corregedoria e, por muito tempo, a serventia onde atuava foi referência para outros cartórios extrajudiciais. Que a família e amigos enlutados recebam nossas condolências e conforto divino", ressaltou Fábio Bittencourt. Cleomadson Abreu estava internado desde o fim de semana para tratamento de saúde. Ele era registrador do Cartório do Registro Civil de Nascimento e Óbitos do 1º Distrito da Capital e vice-presidente da Arpen-Brasil. Estava à frente da Arpen Alagoas desde 2002. Assista aos vídeos mais recentes do G1 AL Veja mais notícias da região no G1 Alagoas

Morre Cleomadson Abreu, presidente da Arpen-AL

Registrador civil estava internado em Maceió para tratamento de câncer. Ele deixa esposa e filho. Presidente da Arpen-AL, Cleomadson Abreu morre em Maceió Itawi Albuquerque O presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais de Alagoas (Arpen-AL) e vice-presidente da Arpen-Brasil, Cleomadson Abreu morreu na tarde desta quarta-feira (4) no Centro de Tratamento de Câncer - MedRadius, em Maceió. Cleomadson também era registrador civil do Cartório do Registro Civil de Nascimento e Óbitos do 1º Distrito da Capital. Ele comandava a Arpen em Alagoas desde 2002. O registrador civil estava internado desde o final de semana para tratamento de um câncer. Ele deixa esposa e filho. A família ainda não divulgou informações sobre o sepultamento. O Tribunal de Justiça e a Corregedoria de Justiça de Alagoas lamentaram o falecimento do presidente da Arpen-AL (confira nota na íntegra abaixo). Nota O presidente em exercício do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), José Carlos Malta Marques, e o corregedor-geral da Justiça, Fábio José Bittencourt Araújo, lamentam o falecimento do presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais de Alagoas (Arpen/AL), Cleomadson Abreu, ocorrido nesta quarta (4). "Cleomadson era um grande batalhador, conhecedor da legislação sobre registros públicos e vai, sem dúvida, fazer uma falta grande no serviço notarial do Estado de Alagoas. Quero expressar à família os meus mais sinceros pêsames, em nome do Poder Judiciário", disse o desembargador José Carlos Malta. Para o corregedor, Cleomadson desempenhou um trabalho digno e honrado à frente da Arpen. "Como servidor cartorário, esteve sempre atento às demandas da Corregedoria e, por muito tempo, a serventia onde atuava foi referência para outros cartórios extrajudiciais. Que a família e amigos enlutados recebam nossas condolências e conforto divino", ressaltou Fábio Bittencourt. Cleomadson Abreu estava internado desde o fim de semana para tratamento de saúde. Ele era registrador do Cartório do Registro Civil de Nascimento e Óbitos do 1º Distrito da Capital e vice-presidente da Arpen-Brasil. Estava à frente da Arpen Alagoas desde 2002. Assista aos vídeos mais recentes do G1 AL Veja mais notícias da região no G1 Alagoas